Sistema de Pagamentos Instantâneos é instituído no Brasil

O projeto para implementar um ecossistema SPI no Brasil até novembro de 2020 teve início no ano passado sob comando do BC. Na última sexta-feira (12), o Banco Central instituiu o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) e a Conta de Pagamentos Instantâneos (Conta PI).  As ferramentas foram instituídas por meio da Circular nº 4.027. Os […] Leia no site da RENOVA Mídia » Sistema de Pagamentos Instantâneos é instituído no Brasil

Sistema de Pagamentos Instantâneos é instituído no Brasil
O projeto para implementar um ecossistema SPI no Brasil até novembro de 2020 teve início no ano passado sob comando do BC. Na última sexta-feira (12), o Banco Central instituiu o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI) e a Conta de Pagamentos Instantâneos (Conta PI).  As ferramentas foram instituídas por meio da Circular nº 4.027. Os pagamentos instantâneos são aqueles autorizados e liquidados em tempo real, disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, e normalmente precisam apenas de um aplicativo no celular e um código QR.  Com a implantação desses dois recursos, o Banco Central cumpre mais uma etapa do processo para o lançamento do PIX, o sistema de pagamento instantâneo do BC, no Brasil.  O PIX começará a funcionar no país no dia 3 de novembro deste ano, chegando a pleno funcionamento no dia 16 do mesmo mês. Na Circular, o BC registra¹ que “o SPI é a infraestrutura centralizada de liquidação bruta em tempo real de pagamentos instantâneos que resultam em transferências de fundos entre seus participantes titulares de Conta Pagamentos Instantâneos (Conta PI) no Banco Central do Brasil”. Referências: [1] Leia no site da RENOVA Mídia » Sistema de Pagamentos Instantâneos é instituído no Brasil