Parasita que viveu há 512 milhões de anos é descoberto

Pesquisadores chineses apontam que parasitas apareceram na Terra há 512 milhões de anos. Um fóssil com centenas de animais cobertos de criaturas semelhantes a vermes evidencia o que seriam os parasitas mais antigos já descobertos pelo homem. O material, que foi encontrado por arqueólogos na província de Yunnan, no sul da China, sugere que esses […] Leia no site da RENOVA Mídia » Parasita que viveu há 512 milhões de anos é descoberto

Parasita que viveu há 512 milhões de anos é descoberto
Pesquisadores chineses apontam que parasitas apareceram na Terra há 512 milhões de anos. Um fóssil com centenas de animais cobertos de criaturas semelhantes a vermes evidencia o que seriam os parasitas mais antigos já descobertos pelo homem. O material, que foi encontrado por arqueólogos na província de Yunnan, no sul da China, sugere que esses parasitas apareceram na Terra durante um florescimento evolutivo sem precedentes há 512 milhões de anos. Uma equipe da Universidade do Noroeste, da província chinesa de Xi’an, encontrou centenas de braquiópodes fossilizados, batizados de Neobolus wulongqingensis.  Os animais são parecidos com duas conchinhas, mas muitos dos registros fósseis também continham¹ uma espécie de tubinhos presos a eles.  Esses seriam os resquícios dos parasitas mais velhos já encontrados e que provavelmente eram semelhantes a alguns vermes. A representação gráfica dos seres pode ser vista na capa da desta matéria. Ainda não se sabe, no entanto, se essa era uma relação parasitária ou se os braquiópodes cooperavam com os tais vermes.  Referências: [1] Leia no site da RENOVA Mídia » Parasita que viveu há 512 milhões de anos é descoberto